icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/06/2014
09:09

Em um confronto emocionante contra o México, a Holanda acabou triunfando, de virada, por 2 a 1. O jogo foi equilibrado, contra um forte adversário, que vendeu caro a derrota. Agora, nas quartas de final da Copa do Mundo, a "Laranja Mecânica" tem, em tese, um adversário mais fraco para enfrentar e progredir na competição: a "zebra" Costa Rica. Mesmo assim, o técnico Louis Van Gaal rechaça o favoritismo de sua equipe, atacando a mídia do próprio país.

- A mídia holandesa achava que não passaríamos da primeira fase. Não acredito que sejamos (favoritos). O grupo é muito modesto e vai continuar nessa estrada. Nosso adversário será muito difícil, não importa se Grécia ou Costa Rica, senão não estariam nessa etapa - afirmou o treinador, logo após o triunfo sobre os mexicanos, ainda sem conhecer o próximo oponente, já que as duas equipes citadas por ele só se enfrentaram às 17h deste domingo.


Não menos emocionante que a partida que classificou a Holanda foi o jogo entre Grécia e Costa Rica. Depois de um empate no final do tempo regulamentar, gregos e costa-riquenhos - estes com um a menos em campo - disputaram 30 minutos de prorrogação e precisaram das penalidades (assim como os holandeses) para definir quem se classificaria. 

Terminado o confronto, melhor para os costa-riquenhos, que enfrentam a Holanda no próximo sábado, dia 5 de julho, às 17h, na Arena Fonte Nova, na Bahia.