icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/07/2013
12:38

Vai começar nesta terça-feira a temporada 2013/14 da Liga dos Campeões. No entanto, o principal torneio de clubes do mundo ainda estará longe dos holofotes da mídia. Isso porque o pontapé inicial será dado por clubes desconhecidos do grande público.

A primeira fase eliminatória conta com quatro clubes, os confrontos são entre o Shirak, da Armênia, diante do Tre Penne, de San Marino, e o Lusitanos, de Andorra, contra o Streymur, das Ilhas Faroe.

Em Gyumri, na Armênia, a bola irá começar a rolar pela Liga dos Campeões. Campeão armênio depois de 14 anos, o Shirak é apontado como favorito diante do Tre Penne, bicampeão de San Marino.

Mais tarde, em Andorra La Vella, o bicampeão andorrano, Lusitanos, recebe o Streymur, que conquistou o último campeonato das Ilhas Faroe. A vantagem é dos nórdicos, que já estão na metade de sua temporada e, teoricamente, mais entrosados.

O vencedor do duelo entre Shirak e o Tre Penne enfrentará na Segunda Eliminatória o Partizan, da Sérvia. Quem passar de Lusitanos e Streymur pegará o Dínamo Tbilisi, da Geórgia.

Conheça um pouco mais dos clubes que abrem a Liga:

Durante a década de 1970 o clube se chamou Olympia e disputou a Primeira Divisão da antiga União Soviética. O Shirak é um dos clubes mais antigos da Armênia, foi fundado em 1958, e sempre esteve na elite do futebol armênio desde a independência do país, em 1991. Neste ano conquistou o seu quarto título nacional, quebrando um jejum que já durava desde 1999.

Embora tenha sido fundado em 1956, o Tre Penne só conheceu o sucesso no Campeonato de San Marino recentemente. O clube conquistou na última temporada o segundo título nacional de sua história, e de forma consecutiva. Na temporada passada da Liga dos Campeões foi eliminado na Primeira Eliminatória pelo Dudelange, de Luxemburgo.

Como o nome e o escudo sugerem, o Lusitanos foi um clube fundado em 1999, em Andorra, por cidadãos portugueses. Conquistou na última temporada o seu segundo título andorrano, o primeira havia sido no torneio de 2011/12. Assim como o Tre Penne, vai para a sua segunda participação na Liga dos Campeões. Na temporada passada foi eliminado na Primeira Eliminatória pelo Valletta, de Malta.

Atual campeão das Ilhas Faroe, o Streymur foi fundado em 1993. Além do título conquistado no ano passado, o clube foi campeão nacional em 2008 e possui outros quatro títulos da Copa das Ilhas Faroe. Na Liga dos Campeões de 2009/10 os nórdicos conseguiram alcançar a Segunda Eliminatória, onde caíram para o APOEL Nicósia, do Chipre.



Vai começar nesta terça-feira a temporada 2013/14 da Liga dos Campeões. No entanto, o principal torneio de clubes do mundo ainda estará longe dos holofotes da mídia. Isso porque o pontapé inicial será dado por clubes desconhecidos do grande público.

A primeira fase eliminatória conta com quatro clubes, os confrontos são entre o Shirak, da Armênia, diante do Tre Penne, de San Marino, e o Lusitanos, de Andorra, contra o Streymur, das Ilhas Faroe.

Em Gyumri, na Armênia, a bola irá começar a rolar pela Liga dos Campeões. Campeão armênio depois de 14 anos, o Shirak é apontado como favorito diante do Tre Penne, bicampeão de San Marino.

Mais tarde, em Andorra La Vella, o bicampeão andorrano, Lusitanos, recebe o Streymur, que conquistou o último campeonato das Ilhas Faroe. A vantagem é dos nórdicos, que já estão na metade de sua temporada e, teoricamente, mais entrosados.

O vencedor do duelo entre Shirak e o Tre Penne enfrentará na Segunda Eliminatória o Partizan, da Sérvia. Quem passar de Lusitanos e Streymur pegará o Dínamo Tbilisi, da Geórgia.

Conheça um pouco mais dos clubes que abrem a Liga:

Durante a década de 1970 o clube se chamou Olympia e disputou a Primeira Divisão da antiga União Soviética. O Shirak é um dos clubes mais antigos da Armênia, foi fundado em 1958, e sempre esteve na elite do futebol armênio desde a independência do país, em 1991. Neste ano conquistou o seu quarto título nacional, quebrando um jejum que já durava desde 1999.

Embora tenha sido fundado em 1956, o Tre Penne só conheceu o sucesso no Campeonato de San Marino recentemente. O clube conquistou na última temporada o segundo título nacional de sua história, e de forma consecutiva. Na temporada passada da Liga dos Campeões foi eliminado na Primeira Eliminatória pelo Dudelange, de Luxemburgo.

Como o nome e o escudo sugerem, o Lusitanos foi um clube fundado em 1999, em Andorra, por cidadãos portugueses. Conquistou na última temporada o seu segundo título andorrano, o primeira havia sido no torneio de 2011/12. Assim como o Tre Penne, vai para a sua segunda participação na Liga dos Campeões. Na temporada passada foi eliminado na Primeira Eliminatória pelo Valletta, de Malta.

Atual campeão das Ilhas Faroe, o Streymur foi fundado em 1993. Além do título conquistado no ano passado, o clube foi campeão nacional em 2008 e possui outros quatro títulos da Copa das Ilhas Faroe. Na Liga dos Campeões de 2009/10 os nórdicos conseguiram alcançar a Segunda Eliminatória, onde caíram para o APOEL Nicósia, do Chipre.