icons.title signature.placeholder Leo Burlá
25/06/2014
07:33

A popularidade da seleções da Bósnia Herzegovina e do Irã está em baixa. Ao menos nas lojas oficiais montadas na Fonte Nova, palco do duelo entre as seleções. O espaço tradicionalmente oferece produtos das equipes que vão atuar no estádio, mas não há absolutamente nada que faça menção a nenhuma das duas equipes.

Segundo o responsável por uma das lojas oficiais do estádio, o problema é fruto da dificuldade em achar no Brasil camisas e artigos destes times. A única solução para que houvesse produtos destas equipes à venda seria importá-los.

- Mas aí não compensa. Eu não poderia, por exemplo, importar 500 camisas do Irã. A única saída seria importar um contêiner, mas aí não valeria a pena - explicou o profissional, que pediu para não ser identificado.

Artigos de outras seleções são facilmente encontrados (Leo Burlá)

Nos lugares de camisetas ou lembranças de Irã e Bósnia, os torcedores vão encontrar camisetas da França, da Alemanha, da Espanha e dezenas de artigos do mascote Fuleco.

A Dufry, a Globo e a Fifa formam o consórcio responsável pelas lojas nos estádios da Copa do Mundo.