icons.title signature.placeholder Daniel Bortoletto
04/07/2014
16:46

O técnico Joachim Löw quebrou umas de duas premissas táticas nesta Copa do Mundo ao escalar Lahm como lateral-direito na partida contra a França, nesta sexta-feira, no Maracanã. Para o comandante alemão, o sistema de jogo do rival o obrigou a deslocar o homem de confiança do meio de campo para o flanco do campo.

- Sabíamos que eles tinham Cabaye e Pogba na frente da defesa. Eles são muito fortes, é difícil passar ali. Por isso coloquei Lahm na lateral. Queria que o time avançasse mais pelas laterais do que pelo meio. Foi uma decisao tática colocá-lo ali - comentou Löw, que já vinha sendo pressionado pela imprensa alemã para fazer a mudança em partidas anteriores.

Na Copa, Löw só havia usado Lahm na lateral em parte da oitavas de final, contra a Argélia. Com a saída de Mustafi, que ocupava o setor, na metade do segundo tempo, o treinador deslocou Lahm para a entrada de Khedira no meio, exatamente a mesma forma escolhida hoje para montar a Alemanha.

Para a semifinal, o treinador não confirma que irá manter a escalação.

- Não tenho certeza. Vamos ver como os jogadores vão se recuperar.