icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
04/02/2015
17:09

O meio-campo Canalli foi o primeiro mineiro de nascimento convocado para uma Copa Mundo de futebol, mas não chegou a entrar em campo; Edson Arantes ganhou o apelido de Pelé muito antes de virar rei; Tostão foi o primeiro jogador de um time mineiro a disputar um Mundial pela Seleção Brasileira; em 1970, o presidente da República derrubou um técnico porque ele não tinha chamado Dario; na década de 1980, o mineiro Telê Santana foi técnico por duas Copas consecutivas; no segundo Mundial disputado no Brasil, o Mineirão virou palco da maior goleada sofrida pela Seleção em 100 anos. Essas e muitas outras histórias estão no livro "Mineiros na Copa – Da primeira participação ao Mineiraço", do jornalista Eduardo Ferrari, que será lançado no próximo dia 7 de fevereiro (sábado), na Tasting Room da Cervejaria Wäls, em Belo Horizonte (MG).

A obra é resultado de uma ampla pesquisa em acervos físicos e eletrônicos de revistas, jornais e bibliotecas do país. E conta quais foram os profissionais – entre jogadores, técnicos, integrantes das comissões técnicas e juízes – que ultrapassaram as barreiras regionais e ajudaram a construir a história da Seleção Brasileira nas Copas do Mundo. Em vinte Copas, realizadas em cinco continentes, foram mais de quarenta profissionais. Com suas vitórias e derrotas, erros e acertos, eles ajudaram a consolidar o futebol mineiro dentro do Brasil e o futebol brasileiro mundo afora.

Além dos mineiros natos, a obra apresenta também aqueles que foram convocados porque se destacaram atuando em times de Minas, mesmo tendo nascido em outros lugares. Estão incluídos ainda os estrangeiros que foram a uma Copa por outra Seleção, mas foram convocados enquanto jogavam em um clube de Minas Gerais.

Financiado com recursos da Lei Rouanet, com patrocínio da Cemig e apoio da Cervejaria Wäls, “Mineiros na Copa” é uma publicação da editora Scrittore e terá distribuição gratuita. Durante a sessão de autógrafos do lançamento, interessados poderão ganhar um exemplar e ainda um brinde especial da Wäls. Após o lançamento, também será possível receber o livro em casa, mediante pagamento da tarifa postal de entrega (de R$ 10,00 podendo variar conforme a localidade). Para isso, basta fazer solicitação pela página da editora no Facebook: http://www.facebook.com/editorascrittore.