icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2014
15:31

A tenista Sabine Lisicki perdeu para Ana Ivanovic, nesta terça-feira, na estreia do Premier de Stanford, nos Estados Unidos. Porém, ela deixou a competição com um feito histórico. A alemã conseguiu o saque mais rápido da história com uma pancada de 210,8 km/h.

Com a marca, ela ultrapassou as irmãs Williams, que eram as primeiras colocadas. Venus, agora em segundo lugar, tem a marca de 207,6 km/h, enquanto Serena, em terceiro, tem a marca de 207 km/h.

Lisicki já estava entre os 10 saques mais fortes da história, com a marca de 201,2 km/h, alcançado coincidentemente no mesmo torneio, só que em 2011. Com o feito, ela passa a ser a única tenista com duas marcas entre os 10 saques mais fortes da história da WTA.