icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/02/2015
21:38

Sem poder contar com Marcelo Lomba e Rildo, ambos no departamento médico, a Ponte Preta empatou com o Linense, por 2 a 2. O primeiro tempo foi pouco movimentado e as duas equipes quase não chegaram ao ataque. Os donos da casa abriram o placar com William Pottke, aos 28 minutos do primeiro tempo. O meia recebeu na entrada da área, passou por dois marcadores e bateu no ângulo do arqueiro Matheus. A Ponte buscou o empate no fim da primeira etapa. Renato Cajá levantou a bola, que achou o volante Bruno Silva livre de marcação, e desviou para o fundo das redes.

Na volta para o segundo tempo, a equipe visitante virou o jogo. Aos dois minutos da segunda etapa, o atacante Fábio Santos foi derrubado na área e o juiz assinalou pênalti. Na cobrança, Renato Cajá bateu no canto direito do goleiro, que pulou para o lado oposto. Três minutos depois, a Macaca marcou o terceiro com Roni, mas o camisa 11 assumiu a irregularidade depois de fazer gol de mão. A resposta do Elefante veio no minuto seguinte. William Pottke deixou tudo igual o duelo após fazer jogada individual.

Com o empate, a Ponte caiu para a segunda posição no Grupo B, tendo somado oito pontos - um ponto atrás do líder Corinthians. Já o Linense está na quarta colocação do Grupo C, com três pontos. Na próxima rodada, a Macaca recebe o São Bernardo no domingo, às 18h30, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O Elefante pega o XV de Piracicaba, em casa, neste sábado, às 19h30, em Lins.

Red Bull Brasil perde  no "clássico regional"

No Moisés Lucarelli, Red Bull e XV de Piracicaba fizeram um jogo pegado e com muitos gols. Com a vitória por 3 a 2, o Nhô Quim somou seus três primeiros pontos no estadual.

O XV de Piracicaba enfim venceu um duelo no Paulistão, e já não amarga a lanterna do Grupo D, que ficou com o Penapolense. Por outro lado o Red Bull chegou estacionou nos sete pontos e está fora da zona de classificação do Grupo A.

Dentro de campo, o Red Bull começou pressionando a equipe quinzista, mas foi a equipe piracicabana que abriu o placar com Paulinho, que tocou na saída de Juninho após passe de Tony.

Com o que seria até então, a primeira vitória do Alvinegro, o time recuou muito e permitiu que a equipe campineira empatasse com Edmilson, que aproveitou a sobra para empurrar para as redes.

Na segunda etapa o XV voltou melhor e voltou a ficar na frente no placar aos 15 minutos. Após driblar Lulinha, Chico bateu de canhota para fazer 2 a 1. A resposta veio rápido e o Red Bull empatou com Lulinha cinco minutos mais tarde.

Já nos acréscimos, o XV sofreu falta perto da área. Tony cruzou na segunda trave e o zagueiro Rodrigo cabeceou para o chão e venceu o goleiro Juninho, dando números finais para o duelo.