icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2014
21:28

O argentino Ricardo Gareca mal chegou ao Palmeiras e já se vê em um momento de pressão. O cargo não está em risco, obviamente, mas depois de perder por 2 a 0 para o Santos, em sua estreia, o técnico sabe que precisa reagir contra o líder Cruzeiro, às 16h deste domingo, no Pacaembu, para que a torcida não deixe de apoiar para criticar a diretoria.

Não será uma missão fácil. O Cruzeiro tem o ataque mais efetivo do Brasileirão, com 21 gols em dez jogos, seis deles de Ricardo Goulart, artilheiro da competição. No meio de semana, os mineiros não tomaram conhecimento do Vitória e venceram por 3 a 1, chegando a 22 pontos, três a mais que o Corinthians, segundo colocado. O Verdão, por outro lado, acumula três derrotas e um empate em suas últimas quatro apresentações e não marcou gol em nenhum desses duelos.

O centroavante Henrique volta de suspensão com a missão de acabar com o jejum. Deve contar com a ajuda do argentino Mouche, contratado a pedido de Gareca, que foi relacionado pela primeira vez e tem chance de começar jogando. Outro reforço é o retorno de Lúcio, que também cumpriu gancho na última rodada, e fará dupla de zaga com Tobio pela primeira vez. Por outro lado, os volantes Marcelo Oliveira e Wesley estão suspensos.

No Cruzeiro, Marcelo Oliveira já admitiu que tem somente uma dúvida: quem joga ao lado de Marcelo Moreno no ataque? Sem Willian, que ainda negocia a sua permanência, as opções são Marquinhos, titular diante do Vitória, Dagoberto e Marlone. O trio briga por uma vaga na linha de frente e não há favoritos, segundo o comandante.

– Para ser bem claro, o time é o mesmo, com essas opções na função: Marlone, Marquinhos e Dagoberto. Isso que definirei no domingo, antes do jogo – disse.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X CRUZEIRO

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 20/7/2014 – às 16h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Bruno Raphael Pires (GO)

PALMEIRAS: Fábio; Wendel, Lúcio, Tobio e William Matheus; Josimar, Renato e Bruno César; Mouche (Leandro), Diogo e Henrique. Técnico: Ricardo Gareca.

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Léo, Manoel e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart; Marquinhos (Dagoberto ou Marlone) e Marcelo Moreno. Técnico: Marcelo Oliveira.