icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
14:00

Ao que parece, o polonês Lewandowski vai mesmo ficar no Borussia Dortmund, embora isto seja contra a sua vontade. Em entrevista ao jornal Bild, da Alemanha, o jogador mostrou estar apenas conformado em continuar no vice da Liga dos Campeões da última temporada. E foi curto ao responder. O Bayern de Munique era o principal interessado.

- Tenho que aceitar que vou permanecer no Borussia Dortmund - disse o centroavante.

Com apenas mais um ano de contrato com o Borussia, esta seria a última chance do clube ganhar dinheiro com o jogador. Em janeiro, ele já estará livre para assinar com qualquer outra equipe, sem que esta desembolse nenhum dinheiro.

Sem ter forçado alguma situação, Lewandowski ganhou elogios da diretoria e do técnico. Jürgen Klopp admitiu que não existe melhor profissional que o polonês, e o presidente, Hans-Joachim Watzke, garantiu que nunca houve dúvida em relação ao caráter do jogador.

Ao que parece, o polonês Lewandowski vai mesmo ficar no Borussia Dortmund, embora isto seja contra a sua vontade. Em entrevista ao jornal Bild, da Alemanha, o jogador mostrou estar apenas conformado em continuar no vice da Liga dos Campeões da última temporada. E foi curto ao responder. O Bayern de Munique era o principal interessado.

- Tenho que aceitar que vou permanecer no Borussia Dortmund - disse o centroavante.

Com apenas mais um ano de contrato com o Borussia, esta seria a última chance do clube ganhar dinheiro com o jogador. Em janeiro, ele já estará livre para assinar com qualquer outra equipe, sem que esta desembolse nenhum dinheiro.

Sem ter forçado alguma situação, Lewandowski ganhou elogios da diretoria e do técnico. Jürgen Klopp admitiu que não existe melhor profissional que o polonês, e o presidente, Hans-Joachim Watzke, garantiu que nunca houve dúvida em relação ao caráter do jogador.