icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
14/11/2014
19:10

Mesmo com a grande final da Copa do Brasil marcada apenas para o dia 26, Levir Culpi não deverá escalar seus principais jogadores para a partida contra o Figueirense, neste domingo. O Galo precisa de ao menos um empate para voltar ao G-4, mas terá sua torcida a favor e quer fazer o dever de casa. O treinador, no entanto, não deve sacrificar seus melhores atletas depois do forte desgaste contra o Cruzeiro.

- Podemos montar um time que é capaz de vencer e competir. Mas tem o fator torcida do Atlético. Provavelmente, vamos mexer em algumas posições e quanto mais apoio melhor para a gente. Teremos dificuldades durante o jogo, mas não somos só nós, o Figueirense também vai ter esta dificuldade - falou o treinador.

MAIS:
> Marcos Rocha destaca jogadas de lateral como ponto forte do Galo
> Amizade e união do grupo atleticano são peças chave para o sucesso

Apesar das prováveis mudanças na equipe, o Atlético-MG quer sair vencedor também do confronto diante do Flamengo. O jogo contra os cariocas também será disputado no Horto, por isso a importância de mais três pontos.

- Nossa avaliação é que os dois jogos são importantíssimos, se conseguirmos seis pontos estaremos fixos no G4. Temos de focar no Brasileiro e na Copa do braisil, buscar a melhor classificação nos dois. Como faltam cinco jogos é possível manter o time em alto nível até o final - completou.

Levir deverá utilizar os treinamentos deste sábado para esboçar a equipe contra o Figueira. A tendência é de que o treinador repita ou coloque em campo uma escalação parecida com aquela que enfrentou o Palmeiras, no Pacaembu. Mesmo com Victor como titular, o Galo venceu o alviverde por 2 a 0, com gols de Tiago e Dodô.