icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
24/08/2015
10:15

A notícia de que o Atlético-MG não divulgaria a lista de relacionados para a partida contra o Palmeiras já poderia ser interpretada como um indício de que alguma novidade estaria por vir. No jogo do último domingo, Patric foi essa novidade. O lateral que estava apenas treinando com o grupo, mas fora dos planos para o restante do ano, começou no banco de reservas e fez uma boa ‘reestreia’ diante da torcida. Levir aprovou.

- Preciso abrir um elogio ao Patric. Ele dominou uma bola perto do banco que já dava para fazer outro contrato. Ele nunca mais vai dominar uma bola daquela. Não tem muita técnica, mas tem leitura de jogo legal e tem vontade, desejo. É muito intenso quando participa dos jogos, isso ajuda muito. Mas aquele domínio não estava nos planos. Ele dominou uma bola que ninguém mais vai fazer aquilo – comentou o treinador.

Recentemente, Patric assinou um pré-contrato com o Osmanlispor, da Turquia, o que não agradou a diretoria do Atlético, que resolveu por afastá-lo. O jogador continuou treinando, mas deixou de ser relacionado. O bom desempenho durante os treinamentos, no entanto, levou o treinador e a diretoria a tentar convencê-lo de voltar atrás e ficar no clube. Satisfeito com o acordo verbal, Patric deverá se reunir nesta semana com a diretoria para resolver a pendência e definir sua permanência em definitivo.

- A diretoria está procurando resolver a situação, fazendo de tudo o possível. O Patric se colocou à disposição, isso é bacana. É um cara quer vencer, estava meio triste com a situação. Conto com ele. Se houver um acordo, vai ser um prazer, ele é um profissional que merece fazer parte do elenco do Atlético – completou, Levir.

A notícia de que o Atlético-MG não divulgaria a lista de relacionados para a partida contra o Palmeiras já poderia ser interpretada como um indício de que alguma novidade estaria por vir. No jogo do último domingo, Patric foi essa novidade. O lateral que estava apenas treinando com o grupo, mas fora dos planos para o restante do ano, começou no banco de reservas e fez uma boa ‘reestreia’ diante da torcida. Levir aprovou.

- Preciso abrir um elogio ao Patric. Ele dominou uma bola perto do banco que já dava para fazer outro contrato. Ele nunca mais vai dominar uma bola daquela. Não tem muita técnica, mas tem leitura de jogo legal e tem vontade, desejo. É muito intenso quando participa dos jogos, isso ajuda muito. Mas aquele domínio não estava nos planos. Ele dominou uma bola que ninguém mais vai fazer aquilo – comentou o treinador.

Recentemente, Patric assinou um pré-contrato com o Osmanlispor, da Turquia, o que não agradou a diretoria do Atlético, que resolveu por afastá-lo. O jogador continuou treinando, mas deixou de ser relacionado. O bom desempenho durante os treinamentos, no entanto, levou o treinador e a diretoria a tentar convencê-lo de voltar atrás e ficar no clube. Satisfeito com o acordo verbal, Patric deverá se reunir nesta semana com a diretoria para resolver a pendência e definir sua permanência em definitivo.

- A diretoria está procurando resolver a situação, fazendo de tudo o possível. O Patric se colocou à disposição, isso é bacana. É um cara quer vencer, estava meio triste com a situação. Conto com ele. Se houver um acordo, vai ser um prazer, ele é um profissional que merece fazer parte do elenco do Atlético – completou, Levir.