icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/02/2015
08:00

Com Jean sem receber os direitos de imagem, que deveriam ser pagos pela Unimed, desde novembro, havia o temor de que o jogador não cumprisse o contrato com o Fluminense. No último domingo, a diretoria acertou um aumento de salário com o volante e garantiu a permanência dele nas Laranjeiras até o fim de 2017. Uma das peças principais do elenco, Jean revela certo alívio e afirma que já estará mais tranquilo no jogo desta quarta, contra o Volta Redonda, às 19h, no Estádio Raulino de Oliveira, que terá transmissão em tempo real pelo LANCE!Net.

– Fico muito feliz, aliviado, com a mente mais tranquila para trabalhar. Em qualquer área a gente precisa estar com a cabeça boa. Quanto mais certeza do futuro, melhor. O resultado acaba saindo de maneira mais tranquila. E o espírito será esse daqui para frente – destacou o camisa 7.

Pouco antes de Jean, foi Fred, principal jogador do elenco, que acertou a permanência por mais um tempo nas Laranjeiras, renovando contrato até o fim de 2018. O volante, por sua vez, revelou que o “fico” do artilheiro ajudou.

– Com certeza, teve grande peso a permanência do Fred. Criamos uma amizade legal. Graças a Deus deu certo para mim, para ele e para todo mundo – afirmou.

Na liderança do Campeonato Carioca e com 100% de aproveitamento, o Fluminense passou o Carnaval tranquilo. O jogo de hoje, porém, tem grande importância. Na quinta colocação, se derrotar o Tricolor, o Volta Redonda pode tirar a equipe do técnico Cristovão Borges da zona de classificação às semifinais da competição.

Após passar uma folia com muita tranquilidade, o Tricolor das Laranjeiras espera que nada dê errado hoje à noite e o lamento, nesta Quarta-feira de Cinzas, seja apenas pelo fim do Carnaval.

SEM MATTIS, JOÃO FILIPE DEVE GANHAR CHANCE

Com dores no joelho direito, o zagueiro Guilherme Mattis não participou da atividade recreativa desta terça-feira. Ficou no vestiário realizando fisioterapia e foi vetado pelo departamento médico para o jogo desta quarta. João Filipe, que ainda não teve oportunidade da equipe, deve ser o escolhido do técnico Cristovão Borges para suprir a ausência. A base do time no Carioca será mantida. Marlone segue, apesar da recuperação de Wágner, que tinha dores no tornozelo esquerdo.