icons.title signature.placeholder LANCEPRESS
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS
18/07/2013
13:00

Renato Augusto jogou pouco mais de dez minutos na decisão da Recopa Sul-Americana. Um prêmio que Tite deu ao jogador por todo o esforço que teve para poder estar em campo. Nove dias depois de passar por uma cirurgia na face, o camisa 8 se colocou à disposição do treinador para jogar, vestiu uma máscara de proteção, ficou no banco e fez parte da história vitoriosa - o Timão venceu por 2 a 0 no Pacaembu.

- Para mim significa que dei a volta por cima. Cheguei ao clube e muita gente desconfiava, mas em pouco tempo consegui ser titular, aí tive a lesão na coxa, e no meu primeiro jogo fui feliz e fiz um gol na final. Grandes jogadores aparecem em momentos decisvos. E o Corinthians tem grandes jogadores - disse ele, que marcou o gol da vitória no Morumbi, na vitória por 2 a 1.

Contratado no início do ano, o jogador perdeu a reta final da Libertadores e do Paulistão por conta de uma lesão muscular. A volta ao time foi apenas após a Copa das Confederações. Em seu primeiro jogo como titular, porém, na vitória por 2 a 0 contra o Bahia, levou uma cotovelada de Souza e teve uma fratura na face. Agora, quer esquecer essas dificuldades para ganhar mais títulos.

- O que eu quero agora é ganhar o Brasileiro e ganhar a Libertadores, como muitos aqui já conseguiram. Não conquistei nada, tenho dois títulos apenas. Quero fazer a minha história - finalizou.

Renato Augusto jogou pouco mais de dez minutos na decisão da Recopa Sul-Americana. Um prêmio que Tite deu ao jogador por todo o esforço que teve para poder estar em campo. Nove dias depois de passar por uma cirurgia na face, o camisa 8 se colocou à disposição do treinador para jogar, vestiu uma máscara de proteção, ficou no banco e fez parte da história vitoriosa - o Timão venceu por 2 a 0 no Pacaembu.

- Para mim significa que dei a volta por cima. Cheguei ao clube e muita gente desconfiava, mas em pouco tempo consegui ser titular, aí tive a lesão na coxa, e no meu primeiro jogo fui feliz e fiz um gol na final. Grandes jogadores aparecem em momentos decisvos. E o Corinthians tem grandes jogadores - disse ele, que marcou o gol da vitória no Morumbi, na vitória por 2 a 1.

Contratado no início do ano, o jogador perdeu a reta final da Libertadores e do Paulistão por conta de uma lesão muscular. A volta ao time foi apenas após a Copa das Confederações. Em seu primeiro jogo como titular, porém, na vitória por 2 a 0 contra o Bahia, levou uma cotovelada de Souza e teve uma fratura na face. Agora, quer esquecer essas dificuldades para ganhar mais títulos.

- O que eu quero agora é ganhar o Brasileiro e ganhar a Libertadores, como muitos aqui já conseguiram. Não conquistei nada, tenho dois títulos apenas. Quero fazer a minha história - finalizou.