icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2014
11:06

Afinal a lesão do volante holandês Daley Blind, do Manchester United, não é tão grave quanto se temia. Porém, o clube ainda não sabe quanto tempo ficará sem o jogador, que sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo em jogo da Holanda no domingo. O técnico Louis van Gaal quer esperar mais um pouco, mas garante que o meia de 24 anos não ficará fora por seis meses, como ele mesmo já tinha dito.

- Primeiramente ele precisa descansar por 10 dias, e então teremos uma ideia melhor. Não posso dizer se vai ficar fora por seis ou oito semanas, nem posso falar que serão 10 ou 12 semanas. Mas definitivamente não é por seis meses - disse Van Gaal, que falou também sobre as situações de Di María, Carrick e De Gea, que também se lesionaram servindo suas seleções, além de Shaw:

- Di María treinou normalmente então não é problema, mas Shaw é. De Gea está bem, sem problemas. Acho que com Carrick terei que esperar pela sua reação ao treino, mas espero que esteja bem para jogar.

Outro assunto comentado por Van Gaal foi a centésima partida de Rooney pela seleção, em que marcou um gol em cima da Eslovênia, além dos dois que fez contra a Escócia no jogo seguinte.

- Eu dei parabéns a ele, mas agora precisa fazer gols pelo Manchester United, que também é importante. Rooney não é um atacante típico. Por isso é marcante quando marca tantos gols. Para um treinador, é um jogador fantástico - concluiu.