icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/07/2014
14:00

A lesão de José Aldo, que o tirou a disputa de cinturão contra Chad Mendes, programada para o UFC 176, dia 2 de agosto, em Los Angeles, caiu como um balde de água fria nos planos do Ultimate. Sem opções viáveis para suprir a baixa e manter o bídel de apelo do show, a maior organização do mundo optou por cancelar o show. A informação foi anunciada de forma oficial pela franquia.

Além da disputa de título dos penas, o UFC 176 já tinha alguns confrontos previstos, mas o evento anunciou que todos serão adiados e remarcados para show's seguintes. Depois da notícia de que José Aldo está lesionado, o campeão dos penas segue fazendo exames para saber em quanto tempo ele será liberado para poder voltar a treinar e lutar.

Com isso, depois do UFC 175, que aconteceu no último sábado, o próximo evento númerado do Ultimate só acontece em 30 de agosto, quando Renan Barão faz a revanche contra TJ Dillashaw em disputa de cinturão dos galos que acontece em Sacramento, Califórnia (EUA). 

É o segundo evento cancelado da história do Ultimate. O primeiro foi o UFC 151, que tinha Jon Jones x Dan Henderson como luta principal. Com uma lesão de Hendo, e após a recusa de alguns lutadores, que se negaram a enfrentar Jones com pouco tempo de preparação, só restou ao evento considerar a entrada de Chael Sonnen na disputa. Porém, o campeão não aceitou encarar o falastrão e todo o show foi cancelado na ocasião que aconteceu em agosto de 2012.