icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/07/2013
08:41

O brasileiro Leonardo pediu demissão do cargo de diretor-esportivo do PSG. O dirigente, no entanto, continuará suas funções até o fim da janela de transferências, no fim de agosto.

A notícia já foi confirmada pelo site oficial do PSG, que emitiu um comunicado oficial.

- O PSG tomou nesta quarta-feira o conhecimento da decisão de Leonardo de abandonar as suas funções de diretor-esportivo do clube no final do período de transferências. A direção do clube lamenta a decisão, mas a respeita. A direção agradece o trabalho notável de Leonardo na construção do PSG como clube europeu de primeiro nível. A direção deseja que Leonardo continue com sucesso a sua brilhante carreira - indica a nota do clube.

O motivo apontado como responsável pela decisão de Leonardo foi a ampliação de sua suspensão para 13 meses. O brasileiro foi punido por causa de seu comportamento com relação ao árbitro Alexandre Castro, após o empate em 1 a 1 com o valenciennes, pelo Campeonato Francês, no último dia 5 de maio.

Leonardo desembarcou no PSG em julho de 2011, juntamente com o fundo de investimentos Qatar Sports Investment. O brasileiro foi o responsável pelo sucesso nas contratações de astros como Ibrahimovic e Thiago Silva. Além disso, conseguiu atrair o treinador Carlo Ancelotti para o projeto parisiense.

O brasileiro Leonardo pediu demissão do cargo de diretor-esportivo do PSG. O dirigente, no entanto, continuará suas funções até o fim da janela de transferências, no fim de agosto.

A notícia já foi confirmada pelo site oficial do PSG, que emitiu um comunicado oficial.

- O PSG tomou nesta quarta-feira o conhecimento da decisão de Leonardo de abandonar as suas funções de diretor-esportivo do clube no final do período de transferências. A direção do clube lamenta a decisão, mas a respeita. A direção agradece o trabalho notável de Leonardo na construção do PSG como clube europeu de primeiro nível. A direção deseja que Leonardo continue com sucesso a sua brilhante carreira - indica a nota do clube.

O motivo apontado como responsável pela decisão de Leonardo foi a ampliação de sua suspensão para 13 meses. O brasileiro foi punido por causa de seu comportamento com relação ao árbitro Alexandre Castro, após o empate em 1 a 1 com o valenciennes, pelo Campeonato Francês, no último dia 5 de maio.

Leonardo desembarcou no PSG em julho de 2011, juntamente com o fundo de investimentos Qatar Sports Investment. O brasileiro foi o responsável pelo sucesso nas contratações de astros como Ibrahimovic e Thiago Silva. Além disso, conseguiu atrair o treinador Carlo Ancelotti para o projeto parisiense.