icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
31/07/2013
13:59

Na prova dos 200m borboleta do Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona, o brasileiro Leonardo de Deus não conseguiu superar os principais favoritos e fechou na oitava colocação. O brasileiro estabeleceu o tempo de 1m56s44. Esta era a primeira final de Mundial da carreira de Léo.

Ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, no ano passado, o sul-africano Chad Le Clos venceu a prova, com 1m54s32. A prata ficou com o polonês Pawel Korzeniowski (1m55s01), e o bronze, com o chinês Silver Wu (1m55s09).

Apesar de ter obtido a sua primeira classificação para uma final de Mundial, o brasileiro não deixou a prova satisfeito. Léo tem 1m55s55 como o melhor tempo da carreira - marca obtida no Mundial de Xangai, há dois anos. Caso tivesse repetido-a, teria ficado com a quinta colocação.

- Caí na prova e saio satisfeito com a final, não com o meu tempo. Eu acho que é um passo de cada vez. Nós mudamos o trabalho, o técnico, estou feliz de estar disputando essa final dos 200m borboleta. É muito bacana para mim e para a minha carreira - disse Léo de Deus.

- É uma prova em que eu sei que eu tenho condição de disputar melhor mais para frente. Saio de cabeça em pé, feliz, não com o meu tempo, mas com a minha final - completou o nadador.



Na prova dos 200m borboleta do Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona, o brasileiro Leonardo de Deus não conseguiu superar os principais favoritos e fechou na oitava colocação. O brasileiro estabeleceu o tempo de 1m56s44. Esta era a primeira final de Mundial da carreira de Léo.

Ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, no ano passado, o sul-africano Chad Le Clos venceu a prova, com 1m54s32. A prata ficou com o polonês Pawel Korzeniowski (1m55s01), e o bronze, com o chinês Silver Wu (1m55s09).

Apesar de ter obtido a sua primeira classificação para uma final de Mundial, o brasileiro não deixou a prova satisfeito. Léo tem 1m55s55 como o melhor tempo da carreira - marca obtida no Mundial de Xangai, há dois anos. Caso tivesse repetido-a, teria ficado com a quinta colocação.

- Caí na prova e saio satisfeito com a final, não com o meu tempo. Eu acho que é um passo de cada vez. Nós mudamos o trabalho, o técnico, estou feliz de estar disputando essa final dos 200m borboleta. É muito bacana para mim e para a minha carreira - disse Léo de Deus.

- É uma prova em que eu sei que eu tenho condição de disputar melhor mais para frente. Saio de cabeça em pé, feliz, não com o meu tempo, mas com a minha final - completou o nadador.