icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
13/11/2014
17:11

No dia seguinte ao Atlético-MG sair na frente na decisão regional da Copa do Brasil, o zagueiro Léo Silva pediu à equipe para saber lidar com a vantagem obtida diante do Cruzeiro, no Independência. De acordo com o camisa 3, a maturidade será crucial no Mineirão:

- Ao contrário das fases anteriores, conseguimos não só a vantagem, mas alcançamos o objetivo de não sofrer gols em casa. O momento é de ter equilíbrio emocional, sabedoria, para mantermos a maturidade dentro de campo para chegar no dia 26 ainda mais fortalecido, com a cabeça no lugar para sermos campeões - declarou, ao programa "Bate Bola", da ESPN Brasil, nesta quinta-feira.

O defensor destacou o fato de o Atlético-MG estar prestes a encarar novamente um clássico decisivo. E pediu que a equipe atue com o coração em campo:

- A gente tem de jogar com a mesma intensidade que exige o clássico. Vamos botar o coração na conquista pelo título, para manter nossa vantagem e, quem sabe ampliar. Conhecemos bem a equipe do Cruzeiro, mas temos de nos aprimorar, corrigir nossos erros e acompanhar como eles jogam.

Léo Silva também comentou a maneira como aconteceu o segundo gol do Atlético-MG. A jogada teve início em uma cobrança de lateral de Marcos Rocha:

- O Marcos Rocha tem a facildadade de colocar a bola dentro da área. A gente ia sempre para o rebote, porque as cobranças dele são quase um escanteio. Isto vem evoluindo, e se tornou uma jogada perigosa.

O Atlético-MG volta a campo no próximo domingo, às 19h30, contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli.