icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2013
07:01

Logo no início do primeiro tempo da partida deste domingo, contra o Internacional, em Caxias do Sul (RS), o lateral Nei protagonizou um lance, no mínimo curioso. O jogador, ao tentar cortar um cruzamento vindo da esquerda, sem adversários por perto, cabeceou para o próprio gol e marcou contra abrindo o placar para o Colorado.

Ao explicar o lance, o jogador contou que um choque com seu companheiro, Rafael Vaz, o atrapalhou o que ocasionou no erro.

– A bola veio para área, me choquei com o Rafael e acabei me desequilibrando – contou o camisa 4, que fez história no Internacional anos atrás.

LEIA TAMBÉM:
- Rafael Vaz, sobre erros da defesa do Vasco: 'Vamos corrigir'
- André comemora primeiro gol pelo Vasco, mas lamenta derrota

Nei, capitão cruz-maltino no confronto, foi escalado na lateral-esquerda, na vaga de Yotún, para reforçar a zaga.

Copiou? Nei marca gol contra parecido com o histórico de Oséas

Um dos mais experientes do grupo vascaíno, o jogador frisou que os salários atrasados não podem ser usados como pretexto para derrotas como a deste domingo.

- É difícil falar porque é apenas o início do campeonato. No segundo turno as coisas irão se encaixar. Todo trabalhador quer receber, mas não podemos colocar a culpa nisso. Jogamos pela honra.

Logo no início do primeiro tempo da partida deste domingo, contra o Internacional, em Caxias do Sul (RS), o lateral Nei protagonizou um lance, no mínimo curioso. O jogador, ao tentar cortar um cruzamento vindo da esquerda, sem adversários por perto, cabeceou para o próprio gol e marcou contra abrindo o placar para o Colorado.

Ao explicar o lance, o jogador contou que um choque com seu companheiro, Rafael Vaz, o atrapalhou o que ocasionou no erro.

– A bola veio para área, me choquei com o Rafael e acabei me desequilibrando – contou o camisa 4, que fez história no Internacional anos atrás.

LEIA TAMBÉM:
- Rafael Vaz, sobre erros da defesa do Vasco: 'Vamos corrigir'
- André comemora primeiro gol pelo Vasco, mas lamenta derrota

Nei, capitão cruz-maltino no confronto, foi escalado na lateral-esquerda, na vaga de Yotún, para reforçar a zaga.

Copiou? Nei marca gol contra parecido com o histórico de Oséas

Um dos mais experientes do grupo vascaíno, o jogador frisou que os salários atrasados não podem ser usados como pretexto para derrotas como a deste domingo.

- É difícil falar porque é apenas o início do campeonato. No segundo turno as coisas irão se encaixar. Todo trabalhador quer receber, mas não podemos colocar a culpa nisso. Jogamos pela honra.