icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/12/2013
16:28

Além de brigar pelo título da Copa Sul-Americana contra a Ponte Preta, o Lanús também tem chances de ganhar o Campeonato Argentino. Para o zagueiro e capitão Goltz, um dos destaques do Granate, trata-se de uma situação curiosa:

- Nestes 15 próximos dias podemos ficar com tudo ou nada. Primeiro, precisamos apostar tudo na Copa, depois pensamos no Campeonato. Esta final significa muito - afirmou, antes do embarque para São Paulo, onde o time pega a Macaca, na quarta-feira, na partida de ida, no Pacaembu.

E MAIS

Jogadores argentinos ameaçam greve se clubes não pagarem salários atrasados
Lanús consegue adiar jogos da última rodada do Campeonato Argentino

No Torneio Inicial (primeiro turno do Argentino), a equipe ocupa a segunda colocação ao lado de Vélez Sarsfield e Newell's Old Boys. O trio soma dois pontos a menos do que o líder San Lorenzo. Curiosamente, no dia 15 de dezembro, os times se enfrentam entre si. O Granate visita os Leprosos, enquanto o Ciclón encara o Fortín, em Liniers.

Já na Sul-Americana, o Lanús passou por Racing, River Plate, Universidad de Chile e Libertad, sendo derrotada apenas uma vez e garantindo três triunfos como visitante, retrospecto que anima Goltz.

- Tratamos de jogar sempre da mesma maneira. Queremos atuar do mesmo modo, tanto como local ou como visitante - analisou o defensor.

O Lanús busca o segundo título internacional de sua história. Em 1996, a equipe argentina foi campeã da Conmebol.