icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
19/03/2014
09:07

Citada pelo zagueiro do Timão Cleber em entrevista o LANCE!Net, a Feiraguai, localizada em Feira de Santana (BA), cidade que recebe a estreia alvinegra na Copa do Brasil, faz a alegria das pessoas de menor poder aquisitivo. O local lembra a rua 25 de março, em São Paulo, com muitas barracas, tendas e mini-shopings com produtos piratas.

Camisas do Corinthians, procuradas pela reportagem, estavam em falta por conta do jogo desta quarta-feira, contra o Bahia de Feira, no estádio Joia da Princesa. Considerada um dos três maiores comércios de produtos de segunda linha do Brasil, a Feiraguai atrai pessoas de todas as regiões da Bahia e de até estados nordestinos vizinhos.

O LANCE!Net esteve lá e não foi tão bem recebido. Ao perceberem a filmagem e até fotos sendo tiradas, alguns comerciantes ficaram aborrecidos e pediram para que as imagens fossem apagadas. Uns mais exaltados chegaram até a perguntar se tratava-se da polícia, já que parte dos produtos vendidos por lá não são originais.

Muitos estrangeiros também trabalham por lá, chinenses e coreanos em sua grande maioria. Na rua famosa da capital paulista, os mesmos asiáticos marcam grande presença.