icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
23/06/2014
18:33

A Inglaterra foi eliminada da Copa do Mundo nos dois primeiros jogos. Frank Lampard viu do banco de reservas a derrocada da equipe, mas terá a chance de entrar em campo nesta terça-feira, contra a Costa Rica. Mais experiente do elenco que veio ao Brasil, o jogador foi confirmado pelo técnico Roy Hodgson entre os titulares.

Será a sua despedida da seleção inglesa? O ídolo do Chelsea preferiu não confirmar durante a entrevista coletiva no Mineirão na tarde desta segunda-feira.

- Ainda não decidi meu futuro. Estou feliz em poder jogar. É importante para nós e para mim pessoalmente. Como equipe, não tem significado de classificação, mas cada jogador inglês quer um grande resultado. Depois vou definir meu futuro. É um excelente teste de caráter - afirmou.

Sentado ao lado de Lampard, o treinador inglês elogiou a postura do jogador e não negou a possibilidade de uma continuação na equipe após a Copa do Mundo.

- Nunca sabemos quando vamos precisar de um jogador com essa qualidade e que poderá servir o país muito bem. Não conversamos sobre isso, mas tenho certeza que se disséssemos que ele não jogará tanto, mas 'por favor não se aposente', Frank diria que 'sempre pode contar comigo'. Ele é inglês, adora jogar na Inglaterra - lembrou.

Por fim, Lampard falou sobre o rival desta terça-feira, a Costa Rica.

- Não vamos mentir. Viemos com intenção de resultados melhores. Agora, todos, Wayne (Rooney), Steven (Gerrard), já falaram de sua decepção. Mas somos homens e temos que prosseguir e estamos aqui para jogar pela Inglaterra. Amistoso ou jogo sério, é fácil simplesmente dizer que esse torneio não era para a gente - finalizou.