icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2013
11:16

O lateral-direito Lahm, do Bayern de Munique, não acredita que o clube irá promover uma caça às bruxas para se descobrir quem foi o responsável por vazar à imprensa informações táticas e a escalação do clube bávaro para o clássico contra o Borussia Dortmund, no último sábado. O fato causou a irritação do técnico Pep Guardiola.

- Esperamos que eles conversem com os jogadores, mas acho que não vão tentar identificá-lo. De qualquer forma, esperamos que as coisas parem por aqui - disse Lahm ao diário alemão "TZ".

O capitão do Bayern admitiu que tal situação é desconfortável para o elenco.

- É desconfortável, admito. É desnecessário e vai contra o fair-play. Mas essa é uma situação que ocorre há mais de 50 anos - afirmou o lateral.

Mesmo com o vazamento das informações, o Bayern de Munique bateu o Borussia Dortmund por 3 a 0.