icons.title signature.placeholder Pedro Scapin
01/07/2014
11:14

O armador Kyrie Irving renovou seu contrato com o Cleveland Cavaliers por mais cinco anos e aproximadamente US$90mi (cerca de R$ 198mi). O que isso significa? Que o jogador vai receber simplesmente o máximo que a CBA (órgão que regula contratos, transferências e limites salariais da NBA) permite. O camisa 2 foi 'All-Star' nas duas últimas temporadas, sendo eleito o MVP do evento em 2013, em Nova Orleans, e se firmou como um dos jovens talentos na posição com média de 20,8 pontos e 6,1 assistências ano passado.

E MAIS:
> NBA homenageia Isaiah Austin, diagnosticado com Síndrome de Marfan
> Depois de LeBron, Wade e Bosh rompem contrato com o Miami Heat 

Após fortes rumores sobre a insatisfação de Irving e sua intenção em deixar Cleveland, o jogador fez questão de anunciar em seu Twitter que ficará na franquia por muito tempo e que se sente muito animado e abençoado por fazer parte de algo especial. Esse 'algo especial' pode significar o surgimento de uma nova potência na NBA, já que os Cavaliers tiveram a primeira escolha no Draft realizado no fim de junho, e selecionaram Andrew Wiggins, um dos jovens mais promirssores do basquete norte-americano.

Tuíte de Kyrie Irving confirmando sua renovação (FOTO: Reprodução/Twitter)

Trunfo para trazer LeBron

Além disso, a renovação com a 'pedra funtamental' do elenco pode servir de trunfo para os Cavs repatriarem o astro LeBron James, que, recentemente, optou por exercer a cláusula em seu contrato com o Miami Heat que lhe permitia virar agente livre. Além da contratação do 'King', Cleveland ainda tenta renovar com Spencer Hawes, que também se tornou 'Free Agent'.