icons.title signature.placeholder Daniel Bortoletto
06/07/2014
16:35

Com dois pênaltis defendidos, o goleiro Krul foi o herói da vitória da Holanda sobre a Copa Rica, após placar em branco no tempo regulamentar e na prorrogação. Neste sábado, ele contou que precisou guardar segredo antes das quartas de final contra os Ticos. O jogador do Newcastle entrou em campo no último minuto do tempo-extra, no lugar de Cillessen.

- Me falaram antes do jogo que eu seria utilizado nos pênaltis. Passei a estudar os batedores e ver como cada um bate na bola - conta o goleiro, em entrevista coletiva, na Gávea.

Durante as cobranças, Cillessen catimbou e chegou a tentar desconcentrar os jogadores da Costa Rica.

- Acho que fiz nada de errado. Só falei para eles que sabia como iriam bater - revelou.

Para a partida contra a Argentina, a troca ainda não está definida. Para evitar uma situação desagradável, os dois jogadores estão estudando os jogadores do adversário.

A Laranja Mecânica enfrenta a Argentina, nesta quarta-feira, em São Paulo, pela semifinal da Copa do Mundo. Entre os quatro postulantes ao caneco, a seleção é a única que nunca ganhou um título.

ATIVIDADES DESTE DOMINGO

A Holanda voltou a treinar neste domingo, na Gávea, no Rio de Jeneiro, após a dramática classificação para a semifinal

Os titulares foram a campo e fizeram um treino leve. Corridinha em ritmo lento,  alongamento e alguns exercícios físicos.

Já os reservas, incluindo o herói Krul, ficaram mais tempo trabalhando sobre o forte sol deste domingo de inverno carioca.  Em um treino de finalizações da entrada da área, eles castigaram o goleiro.