icons.title signature.placeholder Thiago Correia
21/06/2014
12:32

Nos meses antes da Copa do Mundo, a Bélgica foi apontada como possível sensação do torneio. Mas após a estreia contra a Argélia, a euforia diminuiu bastante, apesar da vitória de virada por 2 a 1. O zagueiro e capitão Kompany, que garantiu estar recuperado do problema muscular na virilha e liberado para enfrentar a Rússia neste domingo, mininizou o fato de ser favorita e quer passar de fase.

- Nós não vamos provar nada em termos de ser sensação. Vamos provar com os resultados. Mas quantos dos grandes países, Espanha, Brasil, Inglaterra... Me dê um grande exemplo além da Alemanha de que deu uma grande prova de que pode vencer esta Copa? As seleções devem pensar em passar de fase. Viemos para buscar grandes resultados - disse Kompany em entrevista coletiva no Maracanã:

- A opinião da imprensa? Eles têm uma opinião a cada dia e umas 20 seleções já foram campeãs mundiais antes do torneio começar. As pessoas se referem a Bélgica como potencial, mas os resultados vão que definir.

O jogador ainda teve que responder sobre a sua condição física. Com problemas na virilha, Kompany ficou de fora dos últimos treinos, fez atividades separadas, mas participou normalmente da sessão no Maracanã, palco do jogo de domingo contra a Rússia às 13h (de Brasília), válido pelo Grupo H.

- Estou muito bem, fiz um programa individual nas duas últimas sessões. Está tudo bem. Hoje (sábado) tem treino com a equipe inteira e tudo deve se desenrolar bem e não deve haver problemas para a equipe no jogo - concluiu o jogador do Manchester City.