icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/07/2014
15:47

A aventura belga em solo brasileiro terminou neste sábado. A derrota para a Argentina, nas quartas de final da Copa-2014, decretou a eliminação da Bélgica. Mas a presença belga no Mundial do Brasil precisa ser utilizada como uma valiosa experiência, assim como destacou o zagueiro e capitão Kompany. O pensamento já está na Copa de 2018, na Rússia.

– Talvez em quatro anos, na Rússia, tenhamos mais sorte, mais experiência. Ainda temos muitos dias bonitos pela frente – disse o defensor, um dos destaques do Manchester City na conquista do último Campeonato Inglês, citando o fato de Bélgica ser a seleção com menor média de idade (24, 52 anos) entre as que chegaram às quartas de final.

– É uma decepção, mas demos o máximo de nós. Perdemos algumas oportunidades, mas fizemos o máximo que pudemos. No final, o torneio foi uma bela aventura para nós e a torcida – completou o camisa 4 belga, que acabou falhando no gol argentino.

Kompany, de 28 anos, deverá estar na próxima Copa da Rússia, considerando, naturalmente, que a Bélgica se classifique. Há no atual elenco belga muitos atletas com várias Copas pela frente: Origi e Januzaj, ambos com 19 anos, Lukaku (21), Courtois (22), De Bruyne e Hazard (23 cada).