icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci
11/06/2014
16:56

Os Estados Unidos estão no grupo G da Copa do Mundo, um dos mais difíceis do Mundial, ao lado de Alemanha, Gana e Portugal, e sabem que a classificação para as oitavas de final da competição não é fácil. Mesmo assim, a confiança da seleção é grande e, segundo o técnico Jurgen Klinsmann, o time não se vê como zebra.

Mesmo assim, alemão reconheceu as dificuldades que os americanos terão pela frente.

- Temos sete jogos pela frente, é tudo que temos que fazer. E não precisamos vencer todos os sete, mas temos que ser realistas. Todos os anos estamos subindo um degrau, ficando grandes, fortes. Não nos vemos como zebra, embora muita gente nos coloque dessa forma. Falar sobre ganhar uma Copa não é realista, mas em 2004 ninguém dizia que a Grécia seria campeã da Europa, e eles foram. A beleza do futebol é que ele é imprevisível, você não sabe o que vai acontecer - afirmou o comandante dos EUA, que ainda completou:

- Provavelmente estamos no grupo mais difícil do Mundial, mas não somos estranhos. Se passarmos a primeira fase, o céu é o limite - disse.

Depois de conceder entrevista coletiva e comandar o treino americano no CT do São Paulo, Klinsmann atendeu a diversos torcedores que foram ao local. Ele tirou fotos e concedeu autógrafos. Cerca de cem fãs acompanharam a atividade de perto.