icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/06/2014
14:28

Morador da Califórnia, técnico dos Estados Unidos, Klinsmann já tem um estilo bem americanizado. Mesmo assim, a nacionalidade do treinador é alemã. E na próxima quinta-feira ele será adversário da pátria que defendeu dentro e fora de campo por muito tempo. Perguntado sobre qual será a reação na hora do hino, o técnico não pestanejou:

- De certeza que vou cantar os dois hinos. É evidente.

Klinsmann também falou sobre a relação de amizade que tem com Joachim Löw, que durante foi seu auxiliar durante a passagem como técnico da Alemanha, na Copa de 2006. Segundo o treinador dos Estados Unidos, eles conversam muito sobre futebol.

- Nos falamos todas as semanas, sempre no que diz respeito a troca de experiência e conhecimentos, desde a nutrição aos métodos de treino - expkicou.

Mesmo com Gana e Portugal ainda tendo possibilidades de classificação, Klinsmann não escondeu que vai torcer pela calssificação da seleção de seu país natal, mas não esconde que a prioridade é fazer bem o seu trabalho.

- Continuo a ser um torcedor alemão e a ver tudo sobre o ponto de vista de um fã. Apenas isso.