icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2013
00:40

O Palmeiras desembarcou em Guarulhos no fim da noite desta quarta-feira e Gilson Kleina não deu grandes detalhes sobre as negociações para a renovação do seu contrato. O técnico, que teve uma reunião durante a tarde, em Belém, aguarda por um novo encontro nesta quinta, em São Paulo.

- Devemos ter uma nova conversa agora em São Paulo. Foi falado do futebol em geral, vamos colocar sempre o que é melhor para o Palmeiras - afirmou Kleina, que afirmou não ter se assustado com a procura da diretoria pelo argentino Marcelo Bielsa.

- Susto não. Sempre disse que acataria o que a diretoria decidisse, agora vamos ver daqui para frente como vamos nos posicionar. O foco é fazer tudo o que podemos para conquistar o título da Série B, temos de pensar nisso nessas últimas rodadas da competição - afirmou.

Após negociações com Bielsa, a diretoria desistiu de fechar com o argentino, que pediu cerca de R$ 1 milhão por mês. Agora, o clube diz que a prioridade é renovar com Kleina. O contrato atual vence em 31 de dezembro.

- Temos de ser profissionais. Minha postura e minha lisura vão ser as mesmas até o fim. Fizemos uma viagem muito cansativa, onde não cumprimos a expectativa de conquistar o título - afirmou Gilson Kleina, que espera por mais investimentos no clube caso renove.

- Trazer o Palmeiras para a elite já garante muitas situações diferentes para o ano que vem. Temos de manter o mesmo foco, a mesma postura e profissionalismo sempre. Tenho de cumprir meu papel, meu contrato e cumprir a missão que me foi dada no Palmeiras - disse.

A delegação do Palmeiras pousou em São Paulo só às 23h desta quarta, no aeroporto de Guarulhos. Sem presença de torcedores, a saída dos palmeirenses foi tranquila após a derrota por 1 a 0 para o Paysandu, na terça, em Belém.

Foi a última longa viagem do Verdão na Série B. Agora, o Verdão faz dois jogos como mandante. Campo Grande, possível local do jogo contra o Ceará, e Chapecó, na última rodada, estão a pouco tempo de voo da capital paulista.

O Palmeiras precisa de só mais um ponto para garantir o título da Segundona, último objetivo do time na temporada.