icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/03/2014
09:52

O Palmeiras pressionou o Santos apenas no segundo tempo da derrota na Vila Belmiro, mesmo tendo desde o início seu quarteto ideal escalado: Bruno César, Valdivia, Leandro e Alan Kardec. Depois da derrota por 2 a 1, que deixou o time com a segunda melhor campanha do torneio, o comandante estudará se vai manter os dois meias na equipe, mas já disse: não abrirá mão de um esquema ofensivo.

- Esse é o segundo jogo (de Bruno César e Valdivia juntos). Vamos avaliar depois de jogar contra o Santos pelo poder de criação. Sempre queremos melhorar, mas vamos ver a forma que joga o Bragantino. Serão dois meias ou três atacantes, não abro mão disso. A equipe fez o campeonato assim e isso quase nos levou a ter a melhor campanha. Com dois meias ou três atacantes, temos que continuar fortes e eficientes - analisou.

O primeiro teste com o quarteto foi na vitória contra a Ponte Preta por 3 a 2, na 14ª rodada do Estadual. Naquele confronto do Pacaembu, Bruno César cobrou a falta em que Eguren aproveitou o rebote para marcar e depois sofreu o pênalti para o gol de Kardec. Por fim, Valdivia enfiou linda bola para Kardec cruzar e o "intruso" Mendieta dar o triunfo ao Verdão.

Ainda com pouco tempo de análise sobre os jogadores em partidas oficiais, Kleina evita avaliar se o rendimento está abaixo do esperado. Sua intenção é corrigir para o confronto com o Bragantino, pelas quartas de final do Paulista, e fazer com que a equipe não cometa as mesmas falhas dos primeiros minutos do clássico, em que o Peixe abriu 2 a 0.

- Não vamos dar a responsabilidade só a eles. Futebol é muito dinâmico, quem vem de trás leva perigo. Temos que corrigir. Ele tentaram ocupar espaços. Treinamos com o Valdivia muito mais no ataque porque perdemos energia trazendo-o para o nosso campo, e o Bruno recompõe mais para termos os dois em campo. Vamos avaliar, ver de que forma fazemos isso, entrando com eles ou no decorrer do jogo. Mas vamos deixar o Palmeiras ofensivo e equilibrado como sempre foi - completou.