icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2013
00:15

Gilson Kleina ficou claramente satisfeito pela goleada do Palmeiras sobre o ABC, por 4 a 1, no Pacaembu. Ainda assim, o comandante ao analisar o confronto considerou que foi uma partida marcada por 'oscilações'.

- Foi um jogo de oscilações. Chamou a atenção no início principalmente a marcação sob pressão do ABC. Sinceramente eu não esperava. Dificultou um pouco nossa saída de bola. Nosso forte durante esta retomada é trabalho de posse de bola, inversão de posicionamento, e tivemos que abrir os espaços - analisou o treinador após a vitória.

Kleina também elogiou após vitória (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)

- Não conseguíamos conter esta bola no meio, tanto que os dois gols que fizemos foram pela beirada, com Wesley e Luis Felipe. Quando fizemos o gol, eles estavam melhores. No segundo tempo, controlamos a partida. Fizemos o placar e demos uma administrada. Conversamos e poderíamos não ter tomado o gol no fim, mas ficamos felizes. Futebol tem que estar sempre atento - acrescentou.

Apesar da cobrança, o comandante palmeirense fez elogios ao momento do Palmeiras depois da pausa para a Copa das Confederações. Em dois jogos, foram duas goleadas (4 a 0 no Oeste e agora 4 a 1 no ABC), além de já serem três vitórias consecutivas na competição, contando aquela sobre o América-RN, a última antes da parada. Com o bom momento, Kleina prevê casa cheia mais vezes - esta foi a primeira partida do Verdão no Pacaembu nesta Série B.

- Foram dois jogos, oito gols. Esta volta ao Pacaembu nos cria força, identidade. A cada jogo o estádio ficará mais cheio - considerou.

Gilson Kleina ficou claramente satisfeito pela goleada do Palmeiras sobre o ABC, por 4 a 1, no Pacaembu. Ainda assim, o comandante ao analisar o confronto considerou que foi uma partida marcada por 'oscilações'.

- Foi um jogo de oscilações. Chamou a atenção no início principalmente a marcação sob pressão do ABC. Sinceramente eu não esperava. Dificultou um pouco nossa saída de bola. Nosso forte durante esta retomada é trabalho de posse de bola, inversão de posicionamento, e tivemos que abrir os espaços - analisou o treinador após a vitória.

Kleina também elogiou após vitória (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)

- Não conseguíamos conter esta bola no meio, tanto que os dois gols que fizemos foram pela beirada, com Wesley e Luis Felipe. Quando fizemos o gol, eles estavam melhores. No segundo tempo, controlamos a partida. Fizemos o placar e demos uma administrada. Conversamos e poderíamos não ter tomado o gol no fim, mas ficamos felizes. Futebol tem que estar sempre atento - acrescentou.

Apesar da cobrança, o comandante palmeirense fez elogios ao momento do Palmeiras depois da pausa para a Copa das Confederações. Em dois jogos, foram duas goleadas (4 a 0 no Oeste e agora 4 a 1 no ABC), além de já serem três vitórias consecutivas na competição, contando aquela sobre o América-RN, a última antes da parada. Com o bom momento, Kleina prevê casa cheia mais vezes - esta foi a primeira partida do Verdão no Pacaembu nesta Série B.

- Foram dois jogos, oito gols. Esta volta ao Pacaembu nos cria força, identidade. A cada jogo o estádio ficará mais cheio - considerou.