icons.title signature.placeholder Caio Carrieri e Fabricio Crepaldi
05/12/2013
08:04

Para ganhar um salário maior, Gilson Kleina precisará mostrar resultados em campo. Logo, necessita de um time bom. É o que o treinador tem tentado montar já no início do mercado do Verdão, pelos nomes que ele tem aprovado para atuar no clube em 2014.

Entre desejos do comandante e oferecidos ao clube, segundo o LANCE!Net apurou cinco receberam o aval da comissão técnica: o zagueiro Lúcio, encostado no São Paulo; os laterais-direitos Stefan Medina, do Atlético Nacional (COL) e Jorge Moreira, do Libertad (PAR); o meia Elano, hoje reserva do Grêmio; e Bruno César, do Al-Ahli (SAU). Todos estão na lista de possíveis reforços do Alviverde para o centenário.

Com larga experiência na Seleção Brasileira, Lúcio e Elano foram oferecidos ao Palmeiras e agradaram ao treinador. Um empecilho são os altos salários que ambos recebem. Mesmo assim, Kleina deu sinal verde caso o clube tenha condições financeiras.

Já os laterais esbarram na questão do número de estrangeiros em cada equipe. Hoje, o máximo é de três (o Verdão tem Mendieta, Eguren e Valdivia), mas a CBF deverá aumentar para cinco já no próximo ano.

Caso isso aconteça, o Palmeiras tentará a contratação de um dos dois. Moreira é um antigo desejo do treinador alviverde, que já declarou admirar muito o futebol do paraguaio. Em julho houve uma tentativa por ele, mas o negócio não foi para a frente. Já Medina, de 21 anos, que tem dois jogos pela seleção da Colômbia, agradou à comissão técnica e é outro da lista de Kleina. Por enquanto, segundo o Atlético Nacional, o próprio jogador e seu representante, ainda não aconteceu nenhum contato do Palmeiras para negociar.

Para a meia, o nome aprovado pelo treinador é Bruno César. O clube fez um contato pelo jogador, que interessa a outras agremiações. Com contrato até 2016, o empréstimo seria o mais viável agora, já que comprá-lo seria muito caro. O ex-corintiano não esconde o desejo de defender o Alviverde.

Mesmo com a demora para renovar seu contrato, Kleina já deu o aval para várias contratações. Para concretizá-las, a diretoria pretende encontrar parceiros e investidores, já que o clube tem pouco dinheiro.