icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/07/2014
19:13

Ninguém no Vasco ficou satisfeito com o empate com a Ponte Preta, neste sábado, no Moisés Lucarelli, mas a maioria teve a humildade de reconhecer que, em determinados momentos, os donos da casa foram superiores. O atacante Kléber, por exemplo, colocou a queda no segundo tempo e o cansaço físico como os principais vilões do Cruz-Maltino em Campinas.

- No primeiro tempo até fomos bem, mas no segundo só criamos em bola parada. É difícil jogar quarta, sábado, pois temos um tempo pequeno de recuperação. Às vezes jogamos três jogos em uma semana. É complicado. Foram dois jogos fora de casa sem perder, mas sabemos que precisamos melhorar e vencer logo. É o que vamos buscar no sábado que vem - disse Kléber.

Com o resultado, o Vasco caiu para a 10ª colocação da Série B, agora com 19 pontos e apenas quatro vitórias em 12 jogos disputados. Na próxima rodada, enfrenta o Paraná, sábado, às 16h20, em São Januário. Antes disso, joga a partida da volta da terceira fase da Copa do Brasil, novamente contra a Ponte Preta, quarta, às 22h, na Colina. Na ida, vitória cruz-maltina por 2 a 0, em Campinas.


E MAIS:
> Deu sono! Ponte Preta e Vasco jogam mal e ficam no empate em Campinas
> Com adiamento da eleição, Dinamite pode continuar na presidência do Vasco
> Candidatos divergem sobre adiamento da eleição e Monteiro vai à Justiça
> Douglas valoriza ponto conquistado fora de casa e faz aviso aos rivais