icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/03/2014
16:26

O queniano Geoffrey Kipsang venceu o Mundial de Meia Maratona, em Copenhague, na Dinamarca, e com direito ao melhor tempo deste ano. Neste domingo, ele completou a prova de 21km em 59m07, enquanto Samuel Tsegay, da Eritreia, ficou com o segundo lugar (59m20) e o etíope Guye Adola completou o pódio (59m20).

No feminino, o pódio foi todo queniano. Gladys Cherono foi a vencedora com 1h07m28, seguida por Mary Wacera Ngugi, com um recorde pessoal de 1h07m43, e Sally Chepyego Kaptich, também com a sua melhor marca de 1h07m51.

A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) entregaria o valor de R$ 115,5 mil para o atleta que obtivesse o recorde mundial da prova no evento. Entretanto, os vencedores não conseguiram estabelecer uma marca inédita.

O atual recorde masculino da prova é do eritreu Zersenay Tadese, que conseguiu 58m23 em 2010, na cidade de Lisboa, em Portugal. No feminino, a recordista é a holandesa Lornah Kiplar, que terminou a corrida de Udine, em 2007, com 1h06m25.