icons.title signature.placeholder Bruno Andrade, Caio Carrieri, Marcio Porto e Rodrigo Vessoni
09/07/2014
16:30

O empresário iraniano Kia Joorabchian, ex-presidente da MSI, antiga parceira do Corinthians, vai acompanhar o confronto desta quarta-feira, entre Holanda e Argentina, na Arena Corinthians, em São Paulo, pela semifinal da Copa do Mundo. O agente chegou ao estádio paulista acompanhado de alguns amigos e seguranças.

- Não posso falar agora. Prefiro falar depois do jogo, tudo bem? Melhor depois do jogo - limitou-se a dizer Kia, que também esteve no Mineirão, em Belo Horizonte, na goleada da Alemanha por 7 a 1 em cima do Brasil, ao ser abordado pela reportagem do LANCE!Net.

Conforme o LANCE!Net revelou no fim de abril deste ano, Kia Joorabchian é uma das pessoas que está tentando ajudar o ex-presidente corintiano Andrés Sanchez a fechar o naming rights da Arena Corinthians. Ele trabalha como uma espécie de articulador das conversas com empresas interessadas. A intenção do Timão é vender o nome do futuro da nova arena por R$ 400 milhões, com autorização de exploração do nome por 20 anos.

Kia Joorabchian foi o presidente da MSI, que investiu no futebol do Timão entre 2005 e 2006. Em 2007, ele foi alvo de investigação pelo Ministério Público de São Paulo, que acusou a parceria Corinthians/MSI de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro no Brasil. Apesar das acusações, a Justiça Federal do Estado de São Paulo absolveu Kia e também o ex-presidente corintiano Alberto Dualib no início de 2014.