icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2013
16:38

Gilson Kleina realizou nesta quinta-feira, na Academia de Futebol, um desejo de boa parte da torcida palmeirense. Em coletivo, escalou o reforço Alan Kardec no ataque, ocupando a vaga que originalmente é do volante Márcio Araújo. No segundo tempo, Mendieta, autor de um golaço durante a atividade, foi testado em seu lugar.

O técnico optou por essa mudança porque Araújo viajou ao Rio de Janeiro para comparecer a julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Com a pena mantida e já cumprida por expulsão e ofensa ao árbitro Wagner Reway na derrota para o Sport, na Ilha do Retiro, no dia 8 de junho, ele terá condições de enfrentar o Figueirense neste sábado, em Florianópolis, pela Série B.

Com a entrada de Kardec, o Verdão voltou a ter o 4-2-3-1 como esquema, com Leandro aberto pela direita, Vinicius pela esquerda e Kardec centralizado no ataque. Henrique, suspenso por três cartões amarelos, deu lugar a Vilson entre os titulares, que jogaram com a seguinte formação: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, André Luiz e Juninho; Charles, Wesley e Valdivia; Leandro, Vinicius e Alan Kardec.

No segundo tempo do coletivo, Kleina tirou Kardec e colocou Mendieta em seu lugar. Entre os titulares, o meia paraguaio fez um golaço de falta sobre o goleiro Bruno.

Se Kardec tem chance de fazer a sua primeira exibição pelo Palmeiras neste fim de semana, Kleina dá pista de que não relacionará Felipe Menezes para o confronto. O meia, assim como o atacante, estava no Benfica antes de desembarcar no Palestra Itália. No treino desta tarde, Menezes não ficou sequer no time suplente e treinou em outro campo, com garotos e jogadores que podem ser negociados, como Tiago Real e Ayrton.

O time reserva teve a escalação com Bruno; Weldinho, Tiago Alves, Henrique e Fernandinho; Eguren, Marcelo Oliveira, Mendieta e Ronny; Aninias e Serginho.

Gilson Kleina realizou nesta quinta-feira, na Academia de Futebol, um desejo de boa parte da torcida palmeirense. Em coletivo, escalou o reforço Alan Kardec no ataque, ocupando a vaga que originalmente é do volante Márcio Araújo. No segundo tempo, Mendieta, autor de um golaço durante a atividade, foi testado em seu lugar.

O técnico optou por essa mudança porque Araújo viajou ao Rio de Janeiro para comparecer a julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Com a pena mantida e já cumprida por expulsão e ofensa ao árbitro Wagner Reway na derrota para o Sport, na Ilha do Retiro, no dia 8 de junho, ele terá condições de enfrentar o Figueirense neste sábado, em Florianópolis, pela Série B.

Com a entrada de Kardec, o Verdão voltou a ter o 4-2-3-1 como esquema, com Leandro aberto pela direita, Vinicius pela esquerda e Kardec centralizado no ataque. Henrique, suspenso por três cartões amarelos, deu lugar a Vilson entre os titulares, que jogaram com a seguinte formação: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, André Luiz e Juninho; Charles, Wesley e Valdivia; Leandro, Vinicius e Alan Kardec.

No segundo tempo do coletivo, Kleina tirou Kardec e colocou Mendieta em seu lugar. Entre os titulares, o meia paraguaio fez um golaço de falta sobre o goleiro Bruno.

Se Kardec tem chance de fazer a sua primeira exibição pelo Palmeiras neste fim de semana, Kleina dá pista de que não relacionará Felipe Menezes para o confronto. O meia, assim como o atacante, estava no Benfica antes de desembarcar no Palestra Itália. No treino desta tarde, Menezes não ficou sequer no time suplente e treinou em outro campo, com garotos e jogadores que podem ser negociados, como Tiago Real e Ayrton.

O time reserva teve a escalação com Bruno; Weldinho, Tiago Alves, Henrique e Fernandinho; Eguren, Marcelo Oliveira, Mendieta e Ronny; Aninias e Serginho.