icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
18/11/2013
16:42

O Palmeiras pensa em antecipar para janeiro a liberação de Luis Felipe ao Benfica (POR), principal interessado no futebol do lateral-direito, para facilitar a compra do atacante Alan Kardec, que está emprestado até 30 de junho de 2014. Mas o próprio goleador acha difícil que a estratégia dê algum resultado.

Luis Felipe tem vínculo com o Palmeiras até 1º de março do próximo ano e já decidiu que não renovará o acordo. Por isso, ele já pode assinar um pré-contrato com qualquer agremiação para sair de graça ao fim de seu compromisso. O problema para o Benfica (POR) ou para qualquer outro clube europeu é que a janela de transferências internacionais estará fechada em março, e para tê-lo antes seria preciso compensar o Verdão.

- Primeiro temos que saber se o Luis Felipe realmente vai para o Benfica. Se depender de especulação, já fui para vários lugares do mundo. E não acho que vá ajudar em alguma coisa, porque o meu contrato tem uma multa. Para ficar comigo, o Palmeiras precisa pagar esse valor - disse o camisa 14, em entrevista ao LANCE!Net.

Os direitos econômicos de Kardec estão avaliados entre 5 e 6 milhões de euros (de R$ 15 milhões a R$ 18 milhões) - valores impraticáveis para um Verdão que recorre a seguidos empréstimos bancários para respirar em meio a dívidas herdadas por Paulo Nobre.

Mesmo sem definir a comissão técnica para 2014, a diretoria já definiu que é fundamental ampliar o vínculo de seu artilheiro. O jogador também já demonstrou diversas vezes a intenção de permanecer.