icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
06/11/2014
12:34

No que depender do presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, e da diretoria, o clube mandará partida contra o Cruzeiro na decisão na Copa do Brasil no Independência. Em entrevista ao programa "Bate Bola", da ESPN Brasil, nesta quinta-feira, o mandatário afirmou que o bom retrospecto e a rivalidade mineira pesam em seu desejo de utilizar o estádio na final:

- Não abro mão, porque nós temos números impressionantes lá no Independência. São 80 jogos e apenas três derrotas. Vão dizer que a gente passou por Flamengo e Corinthians no Mineirão, mas lá é diferente, porque os dois não sabem nem qual é a porta pela qual entram em campo. Já o Cruzeiro tem contrato com o estádio, joga lá. Temos de fazer o lógico, utilizar o nosso mando.

Em reunião na manhã desta quinta-feira, a diretoria sacramentou não só a escolha do Horto, como também estipulou os preços do ingresso para a decisão da Copa do Brasil: R$ 200 e 500. Nesta quinta-feira, a partir das 14h, a CBF sorteará a ordem dos mandos de campo para final.