icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
14:17

O meia Kaká foi premiado nesta sexta-feira pelas 300 partidas com a camisa do Milan. O brasileiro recebeu um anel das mãos do vice-presidente, Adriano Galliani.

- Muitos aplausos hoje, porque comemoramos as 300 partidas de "Ricardino" Kaká. Espero que "Ricky" possa estar aqui para festejar 400, 500 jogos. Verdadeiramente "Ricky" está no coração de todos os torcedores, conquistou como poucos poucos o coração dos torcedores do Milan - disse Galliani.

Kaká agradeceu às palavras do dirigente italiano, afirmando desejar fazer muito mais partidas pelo clube.

- Estou muito feliz por estas 300 partidas. O discurso que fez o doutor Galliani é recíproco, porque o sentimento que tenho por este clube, por esta camisa, pelos meus ex e atuais companheiros, são verdadeiros e de coração. Espero poder fazer outras partidas, muito obrigado - foram as palavras do brasileiro.

Kaká jogou sua primeira partida pelo Milan em setembro de 2003, na vitória por 2 a 0 sobre o Ancona. Os dois gols milanistas foram anotados pelo ucraniano Shevchenko. Em seus 300 jogos pelo Rossonero, o meia anotou 105 gols. Conquistou o Campeonato Italiano na temporada 2003/04, a Supercopa da Itália em 2004, a Liga dos Campeões na temporada 2006/07, a Supercopa Europeia em 2007, e o Mundial de Clubes no mesmo ano. A grande fase em 2007 fez Kaká receber o prêmio de melhor jogador do mundo daquele ano.