icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/07/2014
13:13

Depois de ser recepcionado com festa no aeroporto de Orlando na última segunda-feira, Kaká foi apresentado oficialmente pelo Orlando City na manhã desta terça-feira. O evento foi transmitido ao vivo pela internet pelo clube norte-americano, que logo depois da coletiva confirmou o empréstimo do craque ao São Paulo em comunicado oficial.

A apresentação do meia foi conduzida pelo presidente da franquia, o inglês Phil Rawlings, e pelo proprietário, o brasileiro Flávio Augusto da Silva. O empresário carioca não quis revelar o destino de Kaká durante a coletiva, mantendo postura cautelosa apresentada desde o início das negociações. Por outro lado, o presidente são-paulino Carlos Miguel Aidar se notabilizou por "falar demais" sobre o assunto.

- Eu sempre falei que um dia gostaria de jogar na MLS (Major League Soccer, o principal campeonato norte-americano), é um projeto muito legal. Essa situação começou em 2012, quando o Flávio começou a dizer que tinha um sonho de comprar um time e construir uma coisa legal aqui. Fomos flertando, nos últimos anos essa possibilidade aumentou e agora achei que seria o momento certo de vir. A decisão foi boa para todo mundo - destacou o novo camisa 10 dos Lions.


Após o despiste de Flávio Augusto, o próprio Orlando City confirmou o empréstimo do ex-jogador do Milan (ITA) ao São Paulo até o fim desta temporada. A intenção dos americanos é ter Kaká de volta em janeiro e atrair torcedores para o clube antes da estreia na MLS, que tem início marcado para o mês de março.

"O Orlando City também anuncia que emprestará Kaká por seis meses ao São Paulo, um dos maiores clubes do Brasil. Kaká começará a jogar pelo Orlando City no dia 1 de janeiro de 2015, na preparação para a temporada inaugural na MLS", diz o comunicado publicado pela franquia bicampeã da USL, a segunda liga em força nos Estados Unidos.