icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/07/2014
10:42

Oliver Kahn, ex-goleiro da seleção alemã, não poupou críticas à Seleção Brasileira, após a vitória histórica da Alemanha por 7 a 1 sobre o Brasil, pelas semifinais da Copa do Mundo. O ex-goleiro do Bayern de Munique condena a falta de esquema tático da Seleção do técnico Luiz Felipe Scolari e crê que os jogadores ''erraram tudo no ponto de vista tático''.

- O Brasil implodiu coletivamente. Foi uma falha coletiva da equipe do início ao fim. Os brasileiros fizeram tudo errado do ponto de vista tático. Foi incrível ver como eles caíram na armadilha da Alemanha e foram ladeira abaixo depois do primeiro gol. Talvez tenham sentido a pressão. O Brasil foi vulnerável emocionalmente e demonstrou pouca experiência - disse Kahn à ZDF, emissora de televisão alemã. 

Kahn foi eleito o melhor jogador da Copa de 2002, quando a Alemanha foi derrotada na final pelo Brasil, por 2 a 0, com dois gols de Ronaldo, inclusive, um deles foi em uma falha do ex-goleiro alemão, ao espalmar um chute de Rivaldo nos pés do camisa 9 brasileiro, que empurrou para o gol, abrindo o placar da final do Mundial realizado na Coreia do Sul e Japão.