icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/04/2014
21:48

Juvenal Juvêncio se despediu da presidência do São Paulo há menos de uma semana, mas já tem caminho aberto para seguir influente no clube. Segundo o novo presidente, Carlos Miguel Aidar, os palpites do antecessor serão ouvidos com atenção. Além disso, o mandatário confirmou que Julio Casares seguirá no posto de vice-presidente de comunicação e marketing.

- O Juvenal passou oito anos como presidente, mais quatro anos como diretor de futebol com o Marcelo Portugal Gouvêa, então é difícil se afastar de vez. Às vezes o cachimbo entorta a boca, mas os palpites dele serão bem vindos - afirmou Aidar à Rádio Bandeirantes.

Outra figura conhecida dos últimos anos e que seguirá presente na diretoria tricolor é Julio Casares. Ao citar o desejo de criar um terceiro uniforme para o São Paulo - algo que não é permitido pelo estatuto do clube - Aidar deixou claro que qualquer ação comercial só será programada quando o departamento for remodelado. Casares, no entanto, já ouviu que seguirá como vice-presidente de comunicação e marketing.

- Esse negócio de terceira camisa é uma coisa moderna. O São Paulo já tentou duas vezes, mas não deram muito certo por diferentes motivos. Acho que hoje a melhor terceira camisa seria uma amarela, como a que o Rogério Ceni tem usado (cor da oposição). Esse amarelo tem cara de vitória, mas vamos esperar a definição do departamento de marketing. O vice-presidente não, esse já está definido que será o Julio Casares - disse.

Casares se junta a Roberto Natel (vice-presidente geral), Ataíde Gil Guerreiro (vice-presidente de futebol) e João Paulo de Jesus Lopes (vice-presidente de administração de finanças) como conselheiros contemplados com cargos altos na cúpula são-paulina. Rubens Moreno (diretor de futebol) e Gabriel Aidar Abouchar (diretor de relações internacionais) também já foram confirmados, enquanto Mara Casares deve assumir a diretoria feminina.