icons.title signature.placeholder Marcio Porto
01/11/2013
07:11

Muricy Ramalho vai continuar no São Paulo em 2014. A notícia que a torcida tricolor tanto espera foi bancada pelo presidente Juvenal Juvêncio. Em entrevista exclusiva ao LANCE!Net, o mandatário disse que não terá problema para renovar o contrato do técnico. A explicação de Juvenal baseia-se na primeira conversa entre eles, que deixou a renovação praticamente automática.

– A renovação está garantida. Já falamos na véspera do primeiro contrato – resumiu o presidente.

Juvenal foi perguntado pela reportagem por que Muricy vinha se queixando tanto de seu contrato em entrevistas coletivas. O mandatário deu razão ao técnico, explicando que o valor pago atualmente (R$ 350 mil mensais) deve ser reajustado.

– Ele não está pobre. É que falei para ele fazer o contrato sem pedir nada, porque era uma emergência. E ele não pediu nada. Só tem me lembrado agora (risos). Ele está certo, sabe que aqui no São Paulo as coisas funcionam – afirmou Juvenal.

Muricy acertou sua volta ao clube no dia 9 de setembro, uma segunda-feira, após conversar rapidamente com Juvenal pelo telefone. Com o convite para substituir Paulo Autuori aceito, o técnico recebeu o gerente executivo Gustavo Vieira em sua casa e rapidamente fechou o contrato. O técnico foi apresentado no dia seguinte, no CT da Barra Funda.

Depois disso, predominou a alegria e o técnico tirou a equipe da maior crise de sua história. A reestreia, contra a Ponte Preta, no Morumbi, teve mais de 27 mil são-paulinos eufóricos com o técnico e vitória por 1 a 0, gol de Luis Fabiano.

Atualmente, Muricy vem de sete vitórias e um empate nos últimos jogos e tem encantado Juvenal, que comemora o bom momento.

– Foi uma soma para este clima favorável. Tínhamos equipe, mas perdemos o primeiro semestre. Esperava se redimir logo, mas ficou um acúmulo. E toda aquela possibilidade negativa de repercussão. Veio-me aquelas nossas decisões imediatas e conversei com Muricy. Mostrei as dificuldades, falei que depois conversávamos e agora está aí uma equipe guerreira – afirmou o presidente.

– Temos um time forte, veloz, reestabeleceu a qualidade que nunca podemos perder neste clube: esse lado guerreiro – completou.

Quando perguntado sobre sua renovação, Muricy se esquiva e diz que não é o momento de falar no assunto, mas deixou claro que há a necessidade de reajuste. O discurso bate com o de Juvenal, que considera justa a lembrança pública do técnico.

Vale lembrar que em abril haverá eleições presidenciais no clube, mas tanto a situação, com o candidato Carlos Miguel Aidar, quanto a oposição, com Kalil Rocha Abdalla, têm simpatia por Muricy Ramalho.

Garantido por Juvenal, Muricy evita falar de renovação