icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2013
19:36

Sem vencer na Liga dos Campeões e com a corda no pescoço, a Juventus tinha pela frente o modesto Copenhague. Até os 15 minutos da segunda etapa, a torcida italiana já temia pelo pior com a fraca atuação da equipe. Mas, depois, a Velha Senhora deslanchou e bateu o time dinamarquês por 3 a 1, com hat-trick do chileno Vidal, em Turim.

O Bianconero foi para a vice-liderança do Grupo B, somando seis pontos. Mais próximo de vaga nas oitavas de final, o triunfo desta quarta-feira permite jogar por um empate contra o Galatasaray, em Istambul, na última rodada.

Já os nórdicos ficaram na lanterna, com quatro pontos, e terão de acompanhar o mata-mata da Champions pela televisão. Resta buscar a vaga na Liga Europa.

E MAIS
> Em dia de festa para CR7, Real Ma goleia o Galatasaray e passa de fase
> Com a presença de Ferguson, United humilha o Leverkusen e se classifica

O JOGO

A Juventus não se encontrou durante o primeiro tempo e errou feio diversas finalizações e jogadas de ataque. A sorte foi encontrar um rival que desconhecia aquilo a ser feito com a bola dominada.

Aos 27 minutos, num lance polêmico, a bola pegou na mão de Jacobsen. O juiz deu pênalti. Vidal colocou no canto esquerdo, sem dar chance ao goleiro adversário.

A falta de organização e de posicionamento da defesa da Juve foi castigada logo no início da segunda etapa. Melberg aproveitou falha de Vidal e deixou tudo igual.

O chileno se recuperaria nas duas jogadas seguintes. Na primeira, cobrou pênalti (desta vez existente) e desempatou. Na segunda, guardou de cabeça cruzamento certeiro de Pogba.