icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães e João Matheus Ferreira
10/11/2014
16:25

O pedido da chapa "Sempre Vasco", do candidato à presidência Julio Brant, em petição juntada nesta segunda-feira, na 19ª vara cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) foi negada pela juiza Ana Lúcia Vieira do Carmo. O grupo queria que os 2.731 sócios "mensaleiros" fossem vetados da eleição desta terça-feira e os 7.616 associados que não se recadastraram também ficassem de fora.

A princípio, o jurídico da chapa não vai recorrer, pois espera o que vai acontecer após a renúncia do presidente da Assembleia Geral, Abílio Borges, no iníio desta tarde. Roberto Monteiro, vice da pasta, é o substituto natural, mas por ser candidato à presidência, o vice dos Beneméritos, Silvio Godoi, pode acabar assumindo.

O pleito desta terça-feira tem cinco candidatos confirmados: Eduardo Nery (Vasco Mais Que Um Gigante), Eurico Miranda (Volta Vasco, Volta Eurico), Julio Brant (Sempre Vasco), Márcio Santos (Vanguarda Vascaína) e Roberto Monteiro (Identidade Vasco).