icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/11/2013
19:05

Em primeira instância, o Internacional perdeu a ação trabalhista movida pelo técnico Jorge Fossati, com passagem pelo clube em 2010. O uruguaio tem direito a receber R$ 1.953.937,00 segundo a sentença da juíza Juliane Pinheiro Neta, da 12ª Vara do Trabalho de Porto Alegre. A quantia é referente a parte da rescisão contratual para a comissão técnica.

O clube gaúcho irá recorrer da decisão até última instância. Admite, porém, que houve um momento de desacerto com o treinador.

Em maio, Fossati esteve em Porto Alegre para participar de uma audiência do processo na capital gaúcha. O processo foi aberto em 2011, quando o treinador diz que parou de receber os pagamentos.

O uruguaio deixou o clube em maio de 2010, em meio a disputa da Libertadores. O time estava classificado para a semifinal da competição continental, quando os dirigentes resolveram pela mudança, durante a parada para a Copa do Mundo de 2010. Celso Roth assumiu e sagrou-se campeão da América.