icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2014
20:42

Expulso aos 21 minutos do segundo tempo da partida contra o Atlético-PR, sábado, em Volta Redonda, o lateral-esquerdo Junior Cesar pediu a palavra na sala de imprensa, nesta segunda-feira, no Engenhão, e se desculpou com os torcedores pelo ato infantil.

– Não é da minha conduta, não foi intencional. Não queria que a minha mão pegasse na cara do rapaz. Infelizmente, aconteceu. Nem sei qual foi a última vez que fui expulso. A responsabilidade da expulsão é minha. Quero pedir desculpas ao torcedor – disse o lateral.

O camisa 6 também disse que está há dois dias sem dormir e que chorou em casa, também na segunda:

- Estou há dois dias sem dormir, porque estou vivendo isso verdadeiramente. Hoje tive um momento de choro em casa, por tudo o que o Botafogo está vivendo. Me identifiquei muito com o clube desde que cheguei aqui. Nosso torcedor não merece isso, mesmo com os problemas extracampo. Não queremos manchar a história do Botafogo com um rebaixamento.