icons.title signature.placeholder Daniela Caravaggi e Tamara Guimarães
11/04/2014
10:15

A Copa do Mundo no Brasil começa apenas em junho, mas já tem gente fazendo apostas. Ex-jogador da Seleção Brasileira e atual gestor do Ituano Futebol Clube, Juninho Paulista acredita que o Brasil tem chances de conquistar o Hexa. 

- Acho que tem sim (chances), isso foi provado nas Copas das Confederações, principalmente no jogo contra a Espanha. Eu acho que tem, acho que o Brasil resgatou essa confiança, os jogadores em si, a gente viu o espírito deles na competição, e eu tenho certeza que vai se repetir nessa Copa - enfatizou.

O atual dirigente do Galo ressaltou ainda que o diferencial dessa equipe comandada por Felipão é a união. Além disso, ele acredita que a torcida brasileira e o ambiente farão a diferença, assim como fizeram na Copa das Confederações, no ano passado.

- Apesar de ser uma equipe jovem, com jogadores com algumas experiências em competições internacionais pelos seus clubes, o diferencial do grupo é a união. Um cobrando o outro, sem vaidade. A maior figura dessa equipe é o Neymar, e a gente vê que não tem vaidade, que ele é cobrado também dentro de campo. Ele também cobra os companheiros, tudo com o intuito de vencer - ressaltou.

Perguntado se há algum jogador no time brasileiro que o faz lembrar de sua época de Seleção, Juninho foi rápido na resposta:

- Comentam muito no Bernard, né? Talvez com a mesma objetividade, jogando em lugares diferentes. Ele joga um pouco mais à frente do que eu, que jogava um pouco mais recuado, um meia armador, que vinha com a bola de trás armando. Ele tem o mesmo jeito, a mesma objetividade só que é mais na frente.