icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
13/04/2014
11:30

A final do Campeonato Mineiro, neste domingo, às 16h, no Mineirão, entre Cruzeiro e Atlético-MG, coloca frente a frente dois atletas com trajetórias parecidas em seus respectivos clubes: Júlio Baptista e Guilherme. Eles desembarcaram em Belo Horizonte com muita pompa, mas demoraram a engrenar e, agora, são peças fundamentais para Raposa e Galo. O clássico pode ser acompanhado, em tempo real, no LANCE!Net.

A carreira de sucesso fora do Brasil deu fama à Fera, apelido que o camisa 10 cruzeirense conquistou na Espanha. Não é à toa que foi apresentado diante de 40 mil pessoas no Gigante da Pampulha. No entanto, teve dificuldades para se firmar. Somente no início deste ano, aproveitou brecha no ataque e tornou-se um dos pilares ofensivos do time de Marcelo Oliveira.

– Ele foi bem contra Botafogo, no ano passado, e contra o América-MG, quando foi mais adiantado, além dos jogos com o Boa Esporte. Ele não se desgasta defensivamente nesta função. O Júlio (Baptista) é um atleta que tem uma história extraordinária de grandes conquistas e tem experiência também – disse o treinador.

Na Cidade do Galo, Guilherme escreveu uma história muito parecida com a do rival. ‘Presente de aniversário’ da torcida em 25 de março de 2011, ele demorou a se firmar e conviveu com as vaias. A redenção apareceu na Libertadores-2013, quando contribuiu para a classificação da equipe para a final, ao marcar contra o Newell’s Old Boys (ARG).

O atleta, que completa 100 jogos nesta tarde, tem a incumbência de ajudar Ronaldinho e Diego Tardelli a superarem a má fase e dar o tricampeonato mineiro ao Galo.

– Hoje, fico muito feliz com a possibilidade de conquistar mais um título pelo Galo e sei que nosso time tem total capacidade de ir ao Mineirão, vencer o Cruzeiro e conquistar esse tricampeonato, algo que não acontece há muito tempo. Espero que, no domingo, a vitória e a taça do Mineiro sejam um presente para mim e para toda a massa do Galo – comentou.

O duelo particular entre Júlio Baptista e Guilherme é apenas mais um atrativo da 100ª edição do Campeonato Mineiro. O vencedor desta batalha terá ainda mais credibilidade com os torcedores.